Forçado pela derrota recente na Organização Mundial do Comércio (OMC), o governo Michel Temer prepara uma reformulação completa do Inovar-Auto, (…).  Batizada preliminarmente de Rota 2030, a nova política de estímulos para o setor terá metas com 13 anos de duração.

Um esboço será apresentado hoje pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (Mdic) para representantes das montadoras. Os incentivos devem ficar atrelados ao cumprimento de metas em algumas áreas, como pesquisa e desenvolvimento em engenharia, eficiência energética e segurança veicular. A formatação do novo programa será definida por um grupo interministerial que deve concluir seus trabalhos no dia 30 de agosto.

Lançado em 2012, o Inovar-Auto tem validade até o fim deste ano e se baseia em um adicional de 30 pontos percentuais do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para quem não cumpre com índices de nacionalização de componentes. Agora não haverá mais nenhuma ligação dos estímulos com exigência de conteúdo local.
(…).

Para mais informações, clique aqui.

Fonte: Valor Econômico, 18/04/2017.