A Continental traz para o Brasil uma banda de recapagem com asa (wing tread), desenvolvida para aplicação em trailers.

“Ela tem um contorno especial desenhado para evitar que o arraste resulte na perda de borracha no ombro. Isso ocorre porque as “asas” na lateral da banda do pneu proporcionam maior resistência nos pontos de tensão”, explica Gustavo Gonçalves, gerente nacional de vendas de produtos de recapagem da Continental Pneus.

Produzidas na fábrica de Morélia, no México, as bandas com asa mantêm as mesmas características dos pneus de carga da marca, tais como desenho e emprego do mesmo composto do pneu original, proporcionando ótima performance em sucessivas recapagens, tanto na entrega de alta quilometragem como no baixo consumo de combustível e no desgaste uniforme. Elas também podem ser aplicadas em qualquer pneu de carga disponível no mercado.

Gustavo Gonçalves explica que recapar significa substituir a banda de rodagem de um pneu desgastada pelo uso. A prática, adotada mundialmente, surgiu da possibilidade de se reaproveitar a carcaça, com total segurança, pois ela é projetada pelos principais fabricantes de forma a suportar diversas sobrevidas. O Brasil é atualmente o segundo maior mundial de recapagem, atrás apenas dos Estados Unidos. O segmento movimenta anualmente cerca de R$ 5 bilhões no país.

Segundo o gerente nacional de vendas de produtos de recapagem da Continental Pneus, ao maximizar a vida útil dos pneus há uma grande contribuição para a preservação do meio ambiente. “A recapabilidade é hoje um forte argumento de venda para os fabricantes de pneus novos, pois ela reduz os custos operacionais, um importante diferencial para as frotas”, conclui.

FONTE: FROTACIA 23/01